Vale a pena contratar um contador para declarar meu imposto de renda?

O imposto de renda é uma declaração anual muito importante que envolve dados, cálculos e valores. Este dever precisa ser cumprido com cuidado e por isso, muita gente acaba precisando contratar um profissional de contabilidade para auxiliar.

Mas será que com tanta facilidade proporcionada pela tecnologia ainda vale a pena contratar um contador para declarar o seu imposto de renda? Esclareça esta dúvida lendo o texto abaixo.

O que é o imposto de renda?

Esta obrigatoriedade representa o imposto sobre os rendimentos tributáveis adquiridos pelo contribuinte. Este é um dos valores mais importantes que o cidadão brasileiro precisa cumprir.

O imposto de renda se divide em duas categorias, sendo elas o Imposto de Renda para Pessoa Física (IRPF) e o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica (IRPJ).

Não cumprir com este dever dentro do prazo estabelecido pela Receita Federal pode acabar rendendo problemas para o cidadão, por isso, vale a pena conferir já o Imposto de Renda 2019 e estar preparado para as datas e regras.

Vale a pena contratar um contador?

Você sabia que pode verificar informações e realizar a declaração do IRPF direto no seu computador? Esta facilidade é muito importante e pode auxiliar muito a vida do cidadão.

Mas ainda vale a pena contratar um contador? Sim, mas depende da situação. Para os contribuinte que irão realizar a sua primeira declaração do imposto, pode ser uma boa ideia contratar o profissional, pois ele também ficará atento a restituição IRPF e demais dados.

Informar dados errados, omitir valores e efetuar cálculos incorretos pode levar a pessoa a cair na malha fina. Portanto, se você tem dificuldades como regulamento do IR, o contador pode ser uma boa opção.

Este profissional deverá saber tudo sobre os impostos devidos,  e evitar dor de cabeça para você, então para o IRPJ, ou seja, para as empresas, a presença do contador é fundamental.

O que é a restituição do IR?

Se após a declaração do seu imposto de renda, as deduções realizadas como gastos médicos, gastos com educação e pensão alimentícia, interferirem no cálculo do IR, pode ser que você tenha um valor a receber.

O mesmo pode acontecer em relação a Receita Federal. Após os cálculos pode ser que você tenha um valor a pagar com o IR. Para ambos os casos, será estabelecido um prazo para o pagamento do valor em questão. É importante estar atento a divulgação de informações do IR para fazer o seu saque!